Dicas de viagem em Dublin

Vamos a algumas dicas úteis sobre Dublin?

IMG_8025

Como Ir/Chegar ao Aeroporto desde Centro

O aeroporto de Dublin fica a 10 Km do centro da cidade e existem várias opções para se deslocar, desde: Aircoach, Airlink, Autocarro Público (Dublin BUS), Táxi, Transfers ou aluguer de automóvel.

Dentro das várias opções disponíveis, achamos que a mais conveniente para nós, tanto  a nível de tempo como monetária, seria optar pelos autocarros Aircoach.

O Airchoach 700 é quase directo, fazendo poucas paragens do Aeroporto-Centro e vice-versa. Este percurso leva em média cerca de 30 minutos.

Horários:

Aeroporto – Centro : 23:55 às 03:25 a cada 30 minutos / 03:25 às 23:55 a cada 15 minutos.

Centro – Aeroporto : 00:00 às 04:30 a cada 30 minutos / 04:30 às 23:59 a cada 15 minutos.

Preço: Bilhete Unitário 7€ / Ida-Volta 12€ / Online 11€

Nós comprámos o bilhete ida-volta e assim poupamos 2€/cada. Têm uma validade de 6 meses, desde a data da compra, ou seja, podem utilizá-lo numa viagem hoje e só voltar a usar daqui a 5 ou 6 meses.

Onde comprar o bilhete: Nós adquirimos o bilhete num guichê que se encontra à saída do aeroporto (Terminal 1), mas também pode ser adquirido directamente com o motorista, dentro do autocarro.

Paragens: Trinity College / Westmoreland Street / O´Connel Street  / Drumcondra / Dublin Airport

Idioma

A Irlanda possui duas línguas oficiais, o Irlandês (também conhecido por gaélico) e o Inglês.

Durante o domínio Inglês os Irlandeses foram fortemente perseguidos e seus costumes (como a língua) foram fortemente combatidos. Apesar disso, os Irlandeses sempre foram muito resistentes e a sua cultura nunca se extinguiu

Todas as placas de trânsito em Dublin (como em toda a Irlanda) estão escritas em ambas as línguas. E o ensino do Irlandês também é obrigatório nas escolas e a maioria da população local tem, pelo menos, noções básicas do idioma.

DSCN7679

Moeda

A moeda em Dublin é o Euro. Mas, se for para a Irlanda do Norte, a moeda local é a Libra Irlandesa.

IMG_7711

Tomadas Eléctricas

Em Dublin, as tomadas são como no Reino Unido, ou seja, diferentes das que estamos habituados em Portugal (3 entradas). Por isso, convém levar adaptador!

Horas antes de sair para o aeroporto deu-me um flash e lembrei-me que as tomadas poderiam ser diferentes… Fui pesquisar e vi que realmente o eram. Felizmente ainda fui a tempo de colocar os adaptadores que tinha dentro da mala. Mas, se não os tiver, encontram-se facilmente nos supermercados ou em lojas de conveniência.

tomada-tipo-g

Hotel

O custo de vida em Dublin é elevado comparativamente como o nosso (o que não é difícil) e, apesar dos bilhetes de avião de Faro para Dublin serem bem acessíveis, o que vai pesar mais nesta viagem é a estadia, pois é tudo muito dispendioso.

Depois de muita pesquisa para encontrar algo mais acessível e central, achamos que era melhor alugar um apartamento (para variar) e assim sempre conseguíamos poupar algum dinheiro em refeições.

Vimos o Staycity Aparthotels Saint Augustine, que nos pareceu ser a escolha mais acertada, pois tinha a melhor relação qualidade/preço que encontramos (pagámos 327€/para 3 noites).

IMG_7763

O apartamento era central o que nos permitiu fazer todas as deslocações a pé. Tinha todas as comodidades necessárias, desde os mais diversos utensílios de cozinha para preparar refeições, loiças, máquina lavar roupa e loiça, tábua e ferro de engomar… Além disto, tínhamos ainda dois quartos e uma sala bem grande com dois sofás cama, o que daria perfeitamente para 6 pessoas.

O staff foi muito simpático e prestável, dando-nos um mapa da cidade e várias dicas para a nossa estadia na cidade.

Alimentação

Assim como a estadia, a alimentação é algo bem dispendioso em Dublin. Fizemos a maior parte das refeições no apartamento, indo a vários supermercados, como o Spar e Tesco, que se encontram facilmente em toda a cidade.

Mesmo comprando os alimentos em supermercados é tudo bastante caro, mas sai bem mais em conta do que se fossemos a restaurantes todos os dias.

A única vez que fizemos uma refeição fora do apartamento, foi quando fomos à Hamburgueria BUNSEN, da qual tinha lido boas críticas.

IMG_7927

O menu é bem pequeno, composto apenas por 4 hamburgers, 3 tipos de batatas fritas e algumas bebidas. Mas os hamburguers são muito saborosos e, para os padrões da cidade, é bastante em conta.

Existem 4 restaurantes “BUNSEN” em Dublin, sendo que um deles se encontra mesmo em frente ao bar “TEMPLE BAR”.

IMG_7675

Para terminar as publicações sobre Dublin quero realçar que é um lugar que me surpreendeu muito pela positiva e que vale mesmo a pena uma visita. Uma cidade vibrante, encantadora, repleta de história e com os seus habitantes sempre alegres e sempre prontos a ajudar! Se está na dúvida entre visitar ou não, não pense duas vezes 🙂

Esta entrada foi publicada em Dublin, Irlanda com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s