O ano 2017 em viagens

Chegam os últimos dias de Dezembro e nessa altura costumo fazer uma retrospectiva das minhas viagens. Ao longo do ano ando sempre com a sensação que não viajei praticamente nada, que o ano passou tão rápido e não aproveitei nada… Mas quando começo a recapitular as viagens que fiz durante esse ano percebo que estava bem enganada…

E o mesmo aconteceu este ano, ao fazer a retrospectiva dos lugares que tinha ido verifiquei que praticamente todos os meses fiz uma escapadinha ou fui a um sítio diferente. Nestas alturas sinto-me tão agradecida e abençoada por a vida conceder-me a  oportunidade de conhecer lugares tão incríveis.

Bem, mas vamos lá ver por onde andei em 2017? 🙂

Começamos o mês de Janeiro com uma escapadinha até à Capital. Tivemos muita sorte com o tempo, esteve um fim de semana muito solarengo e decidimos aproveitá-lo ao máximo. De manhã fomos passear um pouco até uma vila que gostamos imenso… Cascais.

IMG_4894

Durante a tarde rumamos até Lisboa, a intenção era ver as iluminações de Natal. Mas infelizmente, apesar das iluminações ainda lá estarem, já não estavam ligadas… Ainda assim aproveitamos e passeamos por esta cidade que também gostamos imenso! Decidimos subir ao Miradouro do Arco da Rua Augusta, que tem umas vistas soberbas da cidade.

IMG_4942

Decidimos subir ao Miradouro do Arco da Rua Augusta, que tem umas vistas soberbas da cidade.

IMG_5012

Em Fevereiro, num fim de semana que fomos para Sintra, aproveitamos e demos um “pulinho” até às Azenhas do Mar e passamos uma tarde em Lisboa, na zona de Belém.

IMG_4928

Para comemorar o aniversário do Sérgio, em Março, fomos até Amesterdão e Zaanse Schans.

IMG_5280

DSCN5496

Aproveitamos o tempo solarengo que se fazia sentir no início de Abril no Algarve e fomos fazer um piquenique até à Queda do Vigário, em Alte. O tempo estava tão maravilhoso que o Sérgio não se aguentou e deu um mergulho nesta cascata.

Ainda em Abril, num dos fins de semana que fomos para Sinta, aproveitamos um dos dias e fomos passear junto à Torre de Belém, em Lisboa.

IMG_5756

Sintra

IMG_5778

Torre de Belém

Em Maio fizemos uma Road Trip pelo Alto Alentejo. Começamos em Marvão, passamos por Castelo de Vide, de seguida fomos para Belver, onde fizemos um percurso pelos passadiços do Alamal, e terminamos no Castelo de Almourol.

IMG_5927

Marvão

DSCN5734

Castelo de Vide

IMG_5509

Belver

DSCN5820

Castelo de Almourol

Foram três dias de pura descontracção, muitos passeios acompanhados de muita comida e bebida deliciosa.

Começaram os meses de Verão, altura que tenho muito trabalho e zero tempo livre. Ainda assim em Julho, no fim de semana do nosso aniversário de namoro, demos uma escapadinha romântica até Mértola e às Minhas de São Domingos.

IMG_6220

IMG_6042

No final de Setembro quando as coisas começaram a acalmar no trabalho, passamos um dia na Praia da Fábrica, em Vila Nova de Cacela.

FullSizeRender

E num dos fins de semana voltamos a Sintra.

Depois de vários meses a trabalhar que nem uma louca, não via a hora de chegar o mês de Outubro! Fomos para o Lago di Como, na Itália. E foi sem dúvida, o destino do ano. Adorei o lugar e era tudo o que estava a precisar naquele momento, ver paisagens deslumbrantes num lugar relativamente tranquilo.

No último dia de viagem passamos algumas horas em Milão… mas a cidade não nos convenceu.

Terminamos o ano da minha forma preferida, a viajar para um mercado de Natal 😀

O destino deste ano foi para Colónia e também para Aachen, na Alemanha. E como eu adoro terminar o ano nos mercados de natal, é pura magia! E este ano ainda foi mais especial, pois tivemos a presença da nossa fofíssima sobrinha. 😀

IMG_4346

Tudo indica que 2018 será um ano bem risonho, a nível pessoal. Mas, devido a esse factor, as viagens vão ficar um pouco em stand by…. :/ Até Março não nos podemos ausentar daqui, nos nossos tempos livres temos que andar a escolher pavimentos, azulejos, cozinhas, a controlar as obras e finalmente (a parte mais divertida) escolher móveis e fazer a decoração da casa.

Mas… em Abril já tenho uma pequena viagem marcada 😀 No resto do ano não sei se o orçamento permite fazer mais alguma escapadinha… A ver vamos 🙂

Que tenham um excelente ano 2018! Com muita saúde e viagens 😀

Aachen e os seus Mercados de Natal

Se alguma cidade tem uma atmosfera perfeita para receber um mercado de Natal, esse lugar é  Aachen! Assim que aqui chegamos parece que somos transportados para o mundo imaginário de um conto de fadas; As construções rústicas dos edifícios, a lindíssima Catedral que mais parece um pequeno castelo e, à volta, várias barraquinhas com decorações de Natal. Pode haver algo mais idílico do que isto?

IMG_5213.JPG

O mercado de Natal de Aachen é considerado pelo site European Best Destination, um dos mais belos da Europa. E eu concordo, pois devido a toda a sua envolvência, foi um dos mais bonitos que já visitei.

IMG_7240

As zonas de Markt, Katschhof e Münsterplatz são as principais áreas onde podemos encontrar os mercados de Natal. É tudo muito concentrado e nem nos apercebemos quando termina um e começa outro mercado.

DSCN7035

IMG_7193

Quando cheguei à praça Münsterplatz fiquei encantada. De um lado está o belíssimo edifício da Catedral de Aachen e, do lado oposto, encontra-se o edifício Rathaus, em estilo gótico. No centro, temos as várias barraquinhas que compõem o mercado. Todo aquele cenário foi um verdadeiro deleite para os meus olhos, onde o fascinante centro histórico da cidade estava em plena harmonia com toda a decoração de natal que a praça apresentava, tornando o conjunto num cenário bastante idílico.

IMG_7171

IMG_7181

Aqui, nesta praça, também podemos encontrar a imperdível loja da Käthe Wohlfahrt, onde encontramos inúmeros e maravilhosos enfeites de Natal.

IMG_4347

É impossível tirar uma foto com o Sérgio, onde ele fique com um aspecto normal… :p

IMG_7161

Passamos todo o dia por aqui a saborear algumas comidinhas típicas e a aquecer-nos com algumas bebidas quentes, pois bem precisávamos… Acho que nunca tinha apanhado tanto frio na minha vida pelo que só mesmo um gluhwein para nos aquecer 🙂 Mas, apesar do frio e do foco principal da nossa ida ali serem os mercados de Natal, ainda conseguimos conhecer um pouco da cidade!

IMG_4384

DSCN7068

O que visitar em Aachen

Praça Friedrich-Wilhelm-Platz, onde está o monumental Palácio Elisenbrunnen, reconstruído após a Segunda Guerra Mundial, em torno das fontes de água termal. A cidade de Aachen era famosa pelas suas fontes de água quente. No Palácio Elisenbrunnen ainda podemos encontrar uma fonte de água termal rica em enxofre!

DSCN6894

IMG_7069

Nas traseiras do palácio encontra-se o jardim Elisengarten, um espaço muito agradável para relaxar que acredito que na Primavera e Verão dê para aproveitar muito melhor do que no Inverno. No meio do jardim existe um espaço coberto de vidro, que protege os achados arqueológicos da cidade, referentes a diferentes períodos da sua história.

IMG_5202

Se seguirmos em direcção ao centro histórico, ainda no jardim, vamos encontrar as estátuas presentes na fonte Kreislauf des Geldes, que representam a circulação do dinheiro.

IMG_7080

Embora a cidade tenha sido fortemente bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, as zonas históricas foram cuidadosamente preservadas e os edifícios atingidos foram reconstruídos adequadamente.

De destacar a lindíssima Catedral de Aachen. A sua construção começou no final do século VIII sobre as ordens de Carlos Magno e é a catedral mais antiga do Norte da Europa. Esta catedral foi meta de peregrinação por abrigar 4 importantes relíquias referentes a eventos bíblicos: a roupa de Maria; o pano que Jesus vestia quando foi crucificado; as faixas de Jesus quando ele nasceu; o pano da decapitação de João Batista. Essas relíquias são o centro da peregrinação Heiligtumsfahrt, que acontece a cada 7 anos, desde 1349. Além disso, durante séculos, foi a igreja de coroação de quase todos os reis alemães.

IMG_7163

A fábrica dos chocolates suíços Lindt encontra-se na cidade de Aachen (não confundir com o museu, que fica em Colônia), e lá existe um outlet com uma vasta escolha de chocolates da marca. Ali, os chocolates são vendidos pelo menos 40% mais baratos que noutros lugares. Ficamos com pena de não ter ido, mas a fábrica não se encontra relativamente perto do centro e o tempo não estava a ajudar… E como no dia anterior tínhamos encontrado um Outlet de chocolates de todas as marcas que nos fez perder a cabeça, achamos que já não tínhamos espaço na mala para colocar tantos chocolates. 🙂

Mas fica a dica para quem lá for, a morada é a seguinte: Süsterfeldstraße 130. Podem obter mais informações no site: http://www.lindt.de

Como lá chegar

É muito simples chegar a Aachen, através de Colónia. Na estação central de comboios de Colónia, Hauptbanhof, adquirir o bilhete para Aachen. O bilhete diário custava 29,40€/pessoa (preços de Dez. 2017). Mas se for acompanhado compensa comprar o bilhete diário para até 5 pessoas que custou 42,50€ e como eramos 4, compensou muito!

Da estação de comboios de Aachen até ao centro são cerca de 15 minutos a pé.

Mercados de Natal em Colónia

Quem me segue há algum tempo já percebeu que adoro o Natal e os seus mercados. É uma época magica e o ambiente que se vive nos mercados consegue retratar na perfeição essa magia e alegria. Passar algum tempo num mercado de Natal, é animação certa! As pessoas estão sempre bem dispostas, há sempre músicas a passar e tudo isso é contagiante! É praticamente impossível estarmos tristes enquanto lá estamos.

Até o Sérgio, que não gosta particularmente desta quadra, já se rendeu! Por isso, temos tentado visitar um mercado todos os anos. Já conhecemos os mercados de Berlim, Hamburgo, Lüneburg, Colónia e Aachen e, de todos, os mais animados foram sem dúvida os de Colónia. Não sei se o facto de a nossa “sobrinha” ter viajado com a gente teve alguma influência nesta opinião, mas era tão maravilhoso vê-la encantada e super sorridente com toda a agitação à sua volta, que nos contagiava essa alegria 🙂

IMG_7296

As datas de abertura dos mercados dependem de lugar para lugar mas, normalmente, começam na última semana de Novembro e terminam no dia 23 de Dezembro. Este ano (2018), os mercados abrem as suas portas a 26 de Novembro e encerram a 23 de Dezembro, mas o melhor é ver o site e consultar as datas de inicio e horários.

Cathedral X-Mas Market

Junto à famosa Catedral, encontra-se um mercado de natal onde se pode admirar o maior Pinheiro com decorações de Natal da região da Renânia, com cerca de 25 metros de altura e de onde saem milhares de LED’s, formando uma tenda de luzes enorme. É lindíssimo passar por lá durante a noite e apreciar todo aquele brilho por cima de nós.

IMG_6886

DSCN6595

DSCN7137

Passei várias vezes por este mercado e explorei-o de uma ponta a outra, principalmente por ter uma localização tão central e por ter sempre muita animação.

Quando a noite cai, o mercado fica completamente a abarrotar e é praticamente impossível transitar normalmente, o que por vezes tornava-se um pouco confuso. Apesar de estar sempre a rebentar pelas costuras, as pessoas que por lá andam estão com espirito natalício em alta e, por isso, não há grandes stresses nem atropelos, para passarem uns por cima dos outros.

IMG_6890

IMG_7327

A quantidade de pessoas que lá circula quando cai a noite.

IMG_5071

IMG_7309

Mas, encontramos um sítio junto ao edifício do Museu Romano-Germânico que, normalmente, estava um pouco mais calmo. Além disso, também tinha um músico que tocava óptimas músicas natalícias, o que contagiava toda a gente! 🙂

DSCN7152

Old Market Christmas

IMG_6905.JPG

É o maior e mais tradicional da cidade, o “Heimat der Heinzel”, ou Casa do Gnomos. Este mercado é enorme, começa na praça em frente ao Rathaus, espalha-se pela Alter Markt e vai descendo até à praça Heumarkt.

IMG_6913

Este mercado é uma homenagem aos gnomos. Existe uma lenda que diz que os Heinzelmännchen (gnomos de casa) realizavam todos os tipos de trabalhos para os habitantes locais de Colónia; Preparavam a comida, costuravam as roupas, consertavam os sapatos… Por isso, neste mercado pode encontrar-se inúmeros gnomos na sua decoração. Todas as ruas têm um tema diferente, mostrando as actividades que eles faziam nas suas guildas.

IMG_6912

DSCN6672

DSCN6770

Neste mercado existe uma pista de patinagem bem grande. Um dos bares encontra-se no 1º andar, mesmo de frente para à pista, o que permite ver em primeiro plano os espalhanços que lá iam acontecendo… :p

DSCN6674

Um dia ainda quero patinar numa pista de gelo num mercado de natal. Que fique bem claro que não sei patinar! Será uma forma de proporcionar boas gargalhadas aos outros quando me  virem a cair, já que o mesmo acontece comigo quando estou a assistir às quedas dos outros. 😛 Mas, ainda não consegui convencer ao Sérgio para ir comigo…já que é para fazer figuras, aos pares é bem mais engraçado,não? Talvez este ano, Sérgio? 😀

Gostei particularmente deste mercado, principalmente pela sua decoração e pelo ambiente que se encontra por lá. Por os vendedores estarem vestidos com trajes adequados à sua profissão e, também, pelas barraquinhas onde podemos ver os artesãos demonstrando as suas habilidades, como por exemplo o ferreiro a moldar o ferro.

IMG_5137

IMG_5149

DSCN6671

Harbour Christmas

Este mercado encontra-se mesmo junto ao museu do chocolate. É um mercado pequeno, mas com um cenário bem pitoresco, com vista para o Rio Reno.

IMG_6932

Angel´s Christmas Market

Na praça Neumarkt encontra-se o Angel´s Christmas Market, o mercado mais antigo de Colónia.

Como o nome indica, a sua decoração centra-se à volta de anjos, desde as barraquinhas até figurantes vestidas a rigor que por lá se passeiam, o que torna o ambiente deste mercado algo muito diferente e encantador.

DSCN6872

DSCN6867

IMG_7051

Enquanto estava a saborear um delicioso vinho quente, vejo uma rapariga vestida de anjo em cima de um cavalo a passear pelo mercado e a distribuir doces pelas crianças… Esta é uma das razões que gosto tanto de visitar os mercados de Natal, por estar constantemente a ser surpreendida enquanto lá estou e, sem estar à espera, momentos como este arrancarem-me um sorriso. É nestas alturas que me sinto abençoada e uma sortuda por conseguir viver estes momentos únicos 🙂DSCN6861

IMG_4275

Aqui também podemos encontrar uma loja da Kathe Wohlfahrt. Não deixem de entrar e deliciem-se com as magnificas decorações de natal 🙂

DSCN6857

Apesar de não ter sido o meu mercado preferido de Colónia, acho que vale muito a pena visitá-lo por ter uma temática tão diferente de outros mercados que já visitei.

Schokoladen Museum – Museu do Chocolate em Colónia

Quem gosta de chocolate, uma visita a este lugar é obrigatória!

DSCN6734

Hans Imhoff (1922-2007), um apaixonado fabricante de chocolates, teve durante muito tempo um sonho; abrir um museu de chocolate e, lá dentro, ter uma fonte de chocolate.
A 31 de Outubro de 1993, após um período de construção de 13 meses, o Museu do Chocolate foi inaugurado. Tornou-se um sucesso na história dos museus alemães, algo que ninguém pensou ser possível. Com cerca de 600.000 visitantes por ano, é a instituição cultural mais frequentada em Colônia.

DSCN6718

Aqui podemos encontrar toda a história do chocolate, desde o seu início até aos produtos contemporâneos e métodos de produção.

DSCN6696

IMG_5167

Logo no início do percurso passamos pela casa tropical. Trata-se de um pedaço de selva dentro do museu. Aqui experimentamos, com todos os sentidos, como se sente o clima na floresta tropical e descobrimos a vida vegetal ao redor do cacaueiro.

DSCN6686

Seguidamente,  encontram-se os moldes, que nos permite ver como as estatuetas de chocolate são produzidas. Aqui descobrimos as etapas necessárias para produzir os coelhinhos da Páscoa, os elefantes ou o Pai Natal em chocolate.

A fonte de chocolate é a marca registada deste museu. Com três metros de altura, é constantemente preenchida com 200 kg de chocolate Lindt fresco. Os deliciosos aromas que dali saem são uma verdadeira tentação e junto à fonte encontra-se uma das mestres chocolateiras a satisfazer a nossa gula… mergulha uma bolacha no chocolate da fonte e vai distribuindo pelos visitantes… Que delícia 😀

DSCN6711

O atelier de chocolate é o departamento criativo do museu e ali podemos criar a nossa própria tablete de chocolate. Escolhemos o tipo de chocolate (branco, leite ou negro), e depois podemos escolher entre vários ingredientes disponíveis, desde frutas secas a gomas. E o melhor de tudo é que podemos assistir à produção da nossa criação.

IMG_5179

No final, passamos pela loja, o que é uma verdadeira tentação! O difícil é sair de lá sem comprar nada… Obviamente que tive que trazer umas recordações! E, quando fui pagar , ainda me ofereceram um chocolate! 😀 Ah, e quando adquirimos o bilhete de entrada, já me tinham oferecido um pequeno chocolate da Lindt. Precisam de mais algum pretexto para visitar este lugar? 😛

IMG_6960

DSCN6720

Morada: Am Schokoladenmuseum 1A

Horário: 10 às 18 Hrs de Segunda a Sexta / 11 às 19 Hrs Fins de Semana e Feriados. Última admissão uma hora antes de fechar.

Preço: 11,50€