Itinerário de 2 dias em Budapeste

Como mencionei no post anterior, devido ao mau tempo que apanhamos no primeiro dia, tivemos que alterar um pouco os planos que tínhamos, apesar dos ajustes conseguimos ver praticamente tudo o que inicialmente tínhamos planeado.

1º Dia

Levamos todo o dia no lado Peste da cidade. Como estávamos hospedados na avenida Andrássy decidimos explorar as redondezas, inicialmente pensamos ir para o Museu do Terror, mas como nos pareceu que não ia chover nas próximas horas decidimos explorar a cidade, enquanto o tempo nos permitisse.

Começamos pela Sinagoga de Budapeste, que é a maior da Europa e a segunda maior do mundo.

img_0720

Esta zona era cercada com um muro e uma cerca de arame, para impedir as pessoas de saírem. Era um espaço isolado com pouco ou nenhum acesso a comida e combustível para aquecimento no inverno. E era daqui que eram seleccionadas as pessoas que iam ser deportadas para os campos de concentração. Em apenas oito meses a população de Judeus em Budapeste caiu de 200 mil para 70 mil pessoas, por conta das mortes e das deportações para Auschwitz.

Seguimos em direcção à Avenida Váci Utca, mas antes de embrenharmos por esta avenida, passamos pela Ponte Elizabeth que proporciona uma vista muito bonita para o Castelo de Buda.

dscn3582

img_0744

Vale a pena passear por esta zona, pois a arquitectura dos prédios é lindíssima e  muito interessante.

dscn3569

dscn3553

dscn3563

No final da rua Vací Utca encontra-se o Mercado Central de Budapeste (Vásárcsarnok) que é o principal mercado da cidade. É bastante agradável passear pelo mercado pois é um espaço bem amplo e organizado. Aqui podemos encontrar frutas, legumes, carnes, souvenirs, a famosa paprika, entre outros…

dscn3626

dscn3614

dscn3617dscn3939

Antes de sairmos desta zona, passamos a ponte Liberdade, que fica mesmo ao lado do mercado.

dscn3936

Depois de algumas fotografias dirigimo-nos para o Museu do Terror. Neste museu podemos encontrar retratados as monstruosidades que os judeus viveram durante o período nazi, no século XX. Mas podem ler mais pormenores sobre a minha visita ao museu aqui.

DSCN3634

Como já passava da hora de almoço e parecia que uma tempestade estava prestes a desabar decidimos ir para o nosso apartamento e almoçamos por lá. Pouco depois de chegarmos ao apartamento desmoronou uma tempestade enorme!

Apesar da chuva decidimos passar o resto da tarde nas termas Széchenyi. Podem ler mais sobre esta fantástica experiência aqui 😉

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

2º Dia

Felizmente no segundo dia completo na cidade o tempo sorriu-nos e nada de chuva, e ainda fomos brindados com um belíssimo dia de sol 🙂

Como estávamos hospedados muito próximo da Avenida Andrássy fomos caminhando ao longo da avenida até chegarmos à Basílica de São Estevão. Mas até lá chegarmos fomos apreciando a que é a considerada a avenida mais bonita da cidade, repleta de residências elegantes, lojas caras e também da belíssima Opera.

dscn3642

img_0787A Basílica de São Estevão é a maior e mais importante igreja da Hungria. O seu nome é uma homenagem ao primeiro rei Húngaro, que se tornou Santo após a sua morte.

dscn3660

dscn3672

Esta basílica é imponente, tanto por fora como por dentro. O seu interior é lindíssimo e repleto de ricos pormenores, desde o seu altar majestoso, às pinturas até aos vitrais. A entrada para a basílica é gratuita. Se quiserem entrar devem ter algum cuidado pela forma que vão vestidos, não é permito entrar de calções, saia, ou grandes decotes. O Sérgio como estava de calções não entrou, apesar de não ter visto ninguém a fiscalizar e de ter visto algumas pessoas dentro da igreja de calções, mas fica a dica 😉

dscn3678

dscn3668

Daqui seguimos para o impressionante Parlamento. Este imponente prédio foi concluído em 1902 e na altura era considerado um dos maiores Parlamentos do mundo, sendo apenas superado pelo Parlamento Britânico.

dscn3704

img_0815

É possível visitar o interior do parlamento, através de visitas guiadas, mas é necessário comprar o bilhete com antecedência, pois os mesmos são limitados e esgotam-se rapidamente. Nós decidimos não visitar o interior, pois devido ao percalço do primeiro dia (mau tempo), apenas tínhamos este dia para explorar a cidade, por isso não queríamos perder muito tempo em filas de espera…

dscn3717

dscn3696

Mas ficamos completamente siderados pela arquitectura e pelo tamanho deste magnífico Parlamento. É simplesmente assombroso e deslumbrante, impossível não estarmos sempre a contemplá-lo.

Muito perto do edifício do Parlamento existe um memorial do Holocausto. Trata-se do “shoes on the Danube Bank” e consiste em vários pares de sapatos de ferro, que simbolizam os judeus assassinados na cidade durante a segunda Guerra Mundial. Os Judeus eram obrigados a retirar os seus sapatos e depois eram alvejados à beira do rio, para que caíssem ao rio gelado e os seus corpos fossem levados com a corrente…

img_0852

img_0845

Completamente arrepiante!

Nesta zona também temos uma vista privilegiada para o lado Buda de cidade, mais concretamente para o Castelo.

dscn3713

dscn3723Atravessamos a Ponte das Correntes, que é a ponte mais famosa e antiga da cidade, pois foi a primeira ponte a ligar Buda a peste.

img_0857img_0856

img_0862

dscn3767

Apanhamos o funicular para a chegarmos ao Castelo de Buda. Podem ler mais pormenores sobre o Castelo aqui.

Junto ao Bastião dos Pescadores existe uma escadaria que nos permite descer a colina e chegar à margem do Rio Danúbio e ficarmos mesmo de frente ao magnífico Parlamento.
dscn3925

Antes de darmos por terminado o nosso dia decidimos voltar a Mercado Central de Budapeste para comprarmos alguns souvenirs para amigos e familiares, por isso caminhamos sempre junto ao rio e apreciamos as magnificas vistas que a cidade nos ofereceu.

dscn3937

Como tivemos que alterar os nossos planos devido ao mau tempo que apanhamos no primeiro dia, houve certas coisas que não conseguirmos ver, como a Praça dos Heróis, o Parque da Cidade e assistir ao por do sol a partir da Cidadela.

Por isso, acho que temos que regressar a Budapeste 🙂

Esta entrada foi publicada em Budapeste, Hungria com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s