Bratislava

Quando começamos a organizar a nossa Eurotrip, apesar do foco principal ser Praga, Viena e Budapeste, decidimos logo de imediato inserir Bratislava, na Eslováquia, no nosso roteiro. Já que estavamos alí tão perto não podíamos perder a oportunidade de passar por um novo país e conhecer uma nova cidade… E apesar de a visita ser só de passagem, pois apenas demos um “pulinho” de algumas horas quando íamos a caminho de Budapeste, valeu bastante a pena e a cidade surpreendeu-nos bastante.

A Eslováquia é um país bem recente, até 1992 a Eslováquia e a República Checa formavam a  Checoslováquia. Só a partir de 1 de Janeiro de 1993 o país tornou-se independente.

Bratislava é a capital do país. É uma cidade relativamente pequena que em poucas horas consegue-se ver o mais importante.

DSCN3539

Assim que chegamos à estação Central de Comboios, Hlavaná Stanica, fomos procurar o local onde podíamos deixar a nossa bagagem durante a nossa visita pela cidade e de seguida fomos comprar os bilhetes de comboio para Budapeste, com horário em aberto, assim podíamos visitar a cidade calmamente sem o stress de a determinada hora termos que ir embora para apanhar o comboio. Depois de tratarmos de todas as burocracias, começamos a visitar Bratislava.

DSCN3538

É possível ir da estação de comboios até ao centro de autocarro, mas a distância não é muito grande, por isso decidimos ir a pé.

O primeiro ponto de paragem foi o Grasslkovich Palace, local onde reside o presidente do país. Não é possível conhecer o interior do palácio, mas é possível visitar os seus jardins.

DSCN3408

DSCN3401

Seguimos em direcção ao Michalská brána, que é um dos quatro portões que davam acesso à Cidade Antiga de Bratislava. Hoje em dia esta é a única porta medieval preservada da cidade.

DSCN3427

DSCN3534

Seguimos para a praça principal da cidade, a Hlavné Nám.

DSCN3440

DSCN3431É uma praça ampla, com diverso comércio, desde restaurantes, cafés, lojas… É uma praça muito fofa e charmosa, com os seus prédios muito bem preservados.

IMG_0637

Nesta praça e nas ruas que lhe dão acesso encontram-se as estátuas que caracterizam esta cidade:

Na Hlavné Nám encontra-se um soldado apoiado num banco.

DSCN3443

DSCN3444

Na rua Rybárka Brána encontra-se o Schöne Nazi, que terá vivido em Bratislava no início do século 20. Doente mental, vestia-se sempre com trajes velhos, mas elegantes, e cumprimentava todas as pessoas com seu chapéu – o que originou a pose em que foi imortalizado.

DSCN3453
Na rua Panska encontra-se o Man at Work.

DSCN3508

Ainda procurei a estátua do Paparazzi mas não consegui encontrar 😦

DSCN3527

Junto à praça principal existe uma outra praça mais pequena, onde se encontra o Palácio Primacial (Primaciálne Námestie), sede da Câmara Local.

IMG_0698

Daqui seguimos até à Praça Hviezdoslav, nesta praça encontra-se o Teatro Nacional.

DSCN3503

Como a fome começava a apertar decidimos encontrar um restaurante para almoçar e a escolha recaiu no Flag Ship.

A entrada para o restaurante em sí é um pouco confusa, depois de passarmos por vários salões sem ninguém para nos orientar, ao ponto de pensarmos que a entrada para o restaurante não era alí… Finalmente chegamos ao restaurante.

O espaço é enorme e tipicamente decorado.

IMG_0653

Eu sabia perfeitamente o que queria comer, queria experimentar o Bryndzové halušky, que é o prato mais tradicional do país. É basicamente um gnocchi de batata servido com queijo de ovelha e bacon frito. E estava simplesmente delicioso!

DSCN3465O Sérgio experimentou um género de um schnitzel recheado com queijo e fiambre, e também estava muito saboroso.

E a cerveja?! Divinal, com esta refeição conseguimos beber dois litros de cerveja… (Só bebi meio litro, o restante foi o Sérgio que tratou do assunto :P).

Além de termos sido muito bem servidos, o melhor de tudo é que a refeição saiu muito em conta.

Completamente “empanturrados” de comida e cerveja achamos que era melhor “desmoer ” tudo aquilo e continuar o nosso passeio pela cidade…

Seguimos em direcção à Igreja de Santa Elizabeth, mais conhecido como a Igreja Azul.

DSCN3482

Seguimos andando junto ao Danúbio a avistarmos o UFO, um observatório que abriga um luxuoso restaurante.
DSCN3491

É possível subir ao UFO para contemplar a vista da cidade, mas nós acabamos por não fazê-lo.

A ideia era seguir em direcção ao Castelo de Bratislava, que fica situado no cimo de uma colina, mas estava um calor tão sufocante (e tanto eu como o Sérgio não toleramos muito o calor) que achamos que ia ser uma subida bem sofrida, por isso decidimos não o fazer…

DSCN3514

Se ficamos arrependidos? Não! Apesar de adorar Castelos, o Castelo de Bratislava não é típico Castelo que estamos habituados a ver… E pelo que tinha lido e visto não perdemos muito, o que lá tem de melhor é mesmo a vista sobre a cidade. Além do mais era segunda-feira, e o interior do castelo encerra às segundas, por isso, não sabíamos se íamos conseguir obter uma vista boa, estando o Castelo encerrado…

E como tínhamos gostado tanto do centro da cidade, decidimos apenas “perder-nos” pela ruas do centro e explorar um pouco mais a cidade…

DSCN3517

Bratislava foi uma adorável surpresa e não nos arrependemos nada de termos feito este desvio a caminho de Budapeste…

Dá para ver o essencial em poucas horas, por isso, podem fazer um bate-volta a partir de Viena, ou fazer como nós, uma paragem a caminho de Budapeste 🙂

Esta entrada foi publicada em Bratislava, Eslováquia com as etiquetas , , , . ligação permanente.

4 respostas a Bratislava

  1. Helena Santos diz:

    Bom dia. Onde guardaram as malas enquanto estiveram na cidade.
    Obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s