Mosteiro da Batalha

Depois de termos visitado o Mosteiro de Alcobaça, seguimos para a vila da Batalha para visitarmos o seu Mosteiro.

O Mosteiro da Batalha foi mandado erguer pelo Rei D. João I, resultado do cumprimento de uma promessa feita em agradecimento pela vitória em Aljubarrota, batalha essa que lhe assegurou o trono e garantiu a independência de Portugal.

dscn1462

As obras prolongaram-se por mais de 150 anos, através de várias fases de construção, o que resultou numa mistura de estilo arquitectónicos. Apesar do estilo Gótico ser predominante é fácil identificarmos outros estilos presentes neste Mosteiro, como o Manuelino e o Renascentista.

dscn1448

Assim como o Mosteiro de Alcobaça, também o Mosteiro da Batalha em 1983 foi considerado Património Mundial pela UNESCO. E também foi eleito uma das sete maravilhas de Portugal.

O exterior deste monumento é de deixar qualquer um de queixo caído, o seus detalhes minuciosos e a sua grandeza é de uma espectacularidade única!

Podia ter ficado só pelo exterior que já tinha ficado feliz, devido à sua incomparável beleza. Mas, já que alí estavamos entramos, obviamente 🙂

 Também aqui, para acedermos apenas à igreja, não se paga nada.

dscn1468

dscn1478

Junto à entrada da igreja encontra-se a bilheteira para termos acesso às outras partes do mosteiro.

dscn1503

O interior deste Mosteiro fez-me lembrar muito o que tinha visitado anteriormente, o de Alcobaça.

dscn1520

img_9258

dscn1523

Fonte dos Dominicanos, onde os frades que aqui viviam vinham lavar as mãos antes das cerimónias

Terminamos a visita nas Capelas Imperfeitas, que na minha opinião é a zona mais bonita deste Mosteiro. Para lá chegarmos é necessário sairmos para o exterior do Mosteiro e logo de seguida voltar a entrar por uma pequena porta situada nas traseiras do monumento.

img_9304

dscn1560

As Capelas Imperfeitas são assim apelidadas por a sua construção nunca ter sido terminada, como é fácil perceber, pois o tecto nesta zona não existe.

Este local é composto por um conjunto de sete capelas funerárias em torno de um pátio.

dscn1576

dscn1568

Os pormenores minuciosos que se encontram nas capelas imperfeitas são simplesmente extraordinários.

Os detalhes, o tecto inacabado e a chuva que estava a cair, naquele momento, no pátio fizeram-me apaixonar por esta zona do mosteiro e foi-me muito difícil dar por terminada esta visita. Só me apetecia ficar a admirar todo aquele espectáculo arquitectónico, aquela mistura do trabalho minucioso com o trabalho por acabar… Mas a chuva e o frio já começavam a incomodar, por isso tive que despedir-me daquele lugar, com a promessa de voltar num dia com sol 🙂

Informações Úteis:

Preço: 6€ / Entrada Livre no 1º Domingo de cada mês / Bilhete Património Mundial (Batalha, Alcobaça e Convento de Cristo) 15€ e é válido por 7 dias.

Horário: 16 Outubro a 31 Março 09:00 às 18:00 Hrs (última entrada às 17:30) / 01 Abril a 15 Outubro 09:00 às 18:30 Hrs (última entrada às 18:00)

Mosteiro de Alcobaça

No início do ano tiramos um dia de férias que juntamos a um fim de semana e fizemos uma escapadinha pelo centro do país.

O primeiro destino foi o Mosteiro de Alcobaça, que fica situado em Alcobaça, distrito de Leiria.

img_9089

O imponente Mosteiro foi classificado Património da Humanidade pela UNESCO em 1989.

Fundado pelo rei D. Afonso I para a ordem de Cister.

Apesar do mosteiro ser enorme apenas é visitável a igreja, o claustro de D. Dinis e salas adjacentes. Assim que entramos na igreja ficamos impressionados com a grandiosa Nave Central.

dscn1298

Ao fundo da igreja encontram-se os túmulos de D. Pedro e D. Inês, os mesmos estão colocados frente a frente para, segundo a lenda, se possam encontrar de novo no dia da Ressurreição.

img_9078

Para quem não sabe, D. Pedro I e D. Inês de Castro foram protagonistas de uma das mais bonitas histórias de amor vividas em Portugal. A Galega, D. Inês, foi executada em 1355 em Coimbra, por ordem do rei D. Afonso IV. Por sua vez, D. Pedro I faleceu a 18 de Janeiro de 1367, reabilitou a memória da sua amada fazendo-a sepultar no Mosteiro de Alcobaça.

dscn1307

Depois de visitada a Igreja, que é gratuita, adquirimos o respectivo bilhete e fomos conhecer o resto do Mosteiro.

img_9119

 É possível visitar a cozinha com a sua colossal chaminé, o refeitório, a sala do capitulo, o claustro, a sala dos reis (por onde se inicia a visita).

dscn1423

dscn1383

img_9134

Adorei a visita ao Mosteiro e quero muito regressar com melhor tempo, para passear pelo seu jardim à vontade, sem estar preocupada com a chuva.

dscn1345

Infelizmente o tempo estava de chuva e não conseguimos passear muito pela cidade, mas do pouco que vi gostei bastante. Pareceu-me ser uma cidade bastante simpática, com o seu centro histórico muito bem arranjado e limpo.

dscn1443

dscn1433

img_9096

Informações Úteis:

Preço: 6€ / Entrada Livre no 1º Domingo de cada mês / Bilhete Património Mundial (Batalha, Alcobaça e Convento de Cristo) 15€ e é válido por 7 dias.

Horário: Outubro a Março 09:00 às 17:00 Hrs (última entrada às 16:30) / Abril a Setembro 09:00 às 19:00 Hrs (última entrada às 18:30)