Monsaraz

Durante a nossa estadia no Hotel de Moura pedimos informações na recepção para qual seria o melhor caminho para chegar a Monsaraz. Depois de analisarmos o mapa percebemos que nos deram as indicações para ir para Reguengos de Monsaraz e não para Monsaraz… que são duas localidades distintas e que ficam separadas por cerca de 15 quilómetros. Por isso, se querem conhecer Monsaraz não façam confusão 😉

Já conhecíamos a vila, na nossa primeira vez em Moura já lá tínhamos ido, mas como adoramos aquele local, decidimos voltar novamente.

IMG_1024

A pequena vila de Monsaraz encontra-se no cima de uma colina, junto ao Guadiana.

A vista do cima da vila é deslumbrante, em qualquer direcção. Por qualquer lado que se olhe a  vista é simplesmente estonteante.

DSCN9721

Um dos pontos mais altos da vila é o seu Castelo, de lá temos uma vista panorâmica para toda a planície e para o Guadiana.

IMG_1066

DSCN9748

Toda a vila é protegida pelas suas muralhas, assim que entramos pela porta da vila somos automaticamente transportados para outra época.

DSCN9735

Apesar de pequena, esta vila tem vários recantos encantadores, o melhor é deixar-se levar e explorar sem pressas nem itinerários toda a vila e deixar-se apaixonar por aquele lugar.

DSCN9731

Com as suas ruas estreitas, com o chão em xisto, com as casas caiadas de branco e como pano de fundo uma vista magnífica, é-nos difícil não nos encantar por aquele lugar.

Enquanto estávamos a passear por Monsaraz a fome começou a apertar, por isso fomos ao restaurante/bar Xarez, mesmo à entrada da vila, onde saboreamos uma deliciosa sanduíche de presunto e queijo da serra, simplesmente deliciosa 🙂

DSCN9743

De bónus, ainda tínhamos esta magnífica vista…

DSCN9719

Hotel de Moura

Na primeira vez que fomos a Moura também ficamos hospedados no Hotel de Moura, e como gostamos do local, decidimos repetir, a grande diferença é que agora só reservamos um quarto (na altura eramos só amigos) 😛

O Hotel de Moura ocupa um edifício de significativo valor histórico, arquitectónico e artístico, antigo convento da Ordem Hospitaleira de São João de Deus, fundado no século XVII, e adaptado a Grande Hotel de Moura em 1899.

DSCN9679

O imóvel é classificado como património de interesse público.

DSCN9662

Junto à recepção

DSCN9664

Escadaria

DSCN9674

Sala de Estar

A decoração dos quartos assim como todo o hotel é tipicamente alentejana.

DSCN9667

Quarto Duplo Superior

A diferença de preços entre os quartos standard e os superiores era mínima, por isso optamos pelo superior…

Pelas fotos que vimos, existem quartos com uma decoração mais moderna, a nós não nos calhou nenhum desses….

DSCN9669

Quarto Duplo Superior

DSCN9670

W.C. Quarto

Apesar do quarto em que ficamos não ter uma decoração mais actual, era confortável e bastante amplo.

Tinha ar condicionado, e ainda bem… com o calor que fez teve que ficar ligado durante toda a noite…

Mas um dos factores principais que nos levaram a escolher o Hotel de Moura foi a acolhedora piscina.

A antiga nora que noutros tempos era movida a burro, e o tanque, que antigamente forneciam água ao hotel, foram transformados numa agradável área com piscina.

DSCN9682Dolce Far Niente era o pretendíamos para este fim de semana. Ficar junto à piscina, a ler um livro e apenas, relaxar 🙂

E foi isso que tivemos durante uns breves 30 minutos, até começar a chegar outras pessoas para a piscina, acompanhados por um rádio, onde colocaram música latina bem alto, para terem a certeza que todos ouviam… Aquele cenário só me fazia lembrar um qualquer resort nas caraíbas, onde estamos a apanhar banhos de sol junto à piscina, e para nos animar somos brindados com um belíssimo som latino…

E não era isto que pretendíamos, de todo, para este fim de semana…  Arrumamos os livros, porque era impossível ler com o barulho que estava à nossa volta, e decidimos refrescar-nos um pouco na piscina, mas como a piscina é pequena fomos constantemente brindados com os salpicos das crianças que lá andavam…DSCN9685

Como não estava a correr como nós desejávamos, decidimos voltar para o quarto, e relaxar um pouco antes do jantar.

Apesar dos contratempos que nos aconteceram na piscina, este espaço é muito agradável.

P1070302

É uma delícia passear pelo hotel e ir descobrindo pormenores encantadores…

DSCN9703

E deliciar-nos com o fantástico edifício e a sua arquitectura.

DSCN9695

DSCN9694

Uma das áreas que mais me surpreendeu foi a sala onde era servido o pequeno-almoço.
DSCN9690

O tecto é todo trabalhado, e é simplesmente lindíssimo.DSCN9691

O pequeno-almoço era bom, mas podia haver um pouco mais de variedade, como por exemplo uns ovos mexidos e também alguns produtos da zona (uns queijinhos, um presuntinho, um pão caseiro). Mas havia pão, iogurtes, croissants, fruta, sumo, café, leite, chá…

Como esta zona tem pouquíssima escolha em hotelaria, este hotel é sem dúvida a melhor opção para quem procura um hotel nesta zona.

Site: http://hoteldemoura.com/

Moura

No fim de semana rumámos ao Alentejo, para uma mini-pausa, aproveitamos para descansar e namorar bastante 🙂

Como já conhecíamos Moura, já lá tínhamos ido como amigos e com amigos, mas na altura nem sonhávamos que íamos ser namorados… Por isso, desta vez não visitamos sítios novos, apenas voltamos a alguns sítios que já conhecíamos e que tínhamos gostado.

Chegamos a Moura perto da hora de almoço, mas como ainda faltava algum tempo para fazermos o check-in no hotel, decidimos ir passear um pouco para o centro da cidade…

Tentamos ir ao castelo de Moura, mas estava fechado…

Como o nosso primeiro plano saiu furado, decidimos passear um pouco pelo centro da cidade…

DSCN9649

Moura é super pitoresca. Achei a cidade um encanto, as casas todas branquinhas, com vários vasos com flores super bem cuidadas, à porta e também nas paredes.

DSCN9657DSCN9652

Durante o nosso passeio pelas estreitas ruas do centro da cidade não encontramos viva alma, pudera, estava um calor infernal…

Como também já não estávamos a aguentar o calor que se fazia sentir e uma vez que já podíamos fazer o check-in no hotel, rumamos para lá… 🙂