Oceanário de Lisboa

Desde que comecei a minha vida laboral que me habituei a não trabalhar no meu aniversário, ou tirava férias nessa semana, ou simplesmente tirava o dia dos meus anos. Gosto de estar descansada nesse dia, sem grandes stresses ou problemas, e principalmente fazer algo diferente, senão parece um dia como outro qualquer…

Este ano foi diferente, tinha começado a trabalhar há relativamente pouco tempo numa empresa nova e não ia tirar um dia de férias… Senti que foi um dia normal, por isso, durante o fim de semana decidi fazer algo diferente, rumamos a Lisboa e fomos visitar o Oceanário 🙂

DSCN9384

Só lá tinha ido quando foi a Expo 98, e quem a visitou nessa altura sabe que um dos pavilhões mais concorridos era o do Oceanário e tinha sempre filas monstruosas para entrar, na altura só consegui ver uma parte, pois entrei quando estava quase a encerrar… e desde essa altura que ficou um desejo de lá voltar… Dezassete anos depois voltei 😀

Aquiri o bilhete online, pois além de evitar as filas para adquirir o bilhete, obtive um desconto de 15% no bilhete para a exposição permanente e a temporária. E como a exposição temporária era as “Florestas Submersas by Takashi Amano”, algo que também queria muito ver, juntou-se o útil ao agradável 😀

Depois de uma curta caminhada entramos no edifício e somos logo surpreendidos por um enorme aquário, trata-se do aquário central e é impossível não ficarmos hipnotizados por aquele tanque gigantesco.

DSCN9271

DSCN9070

DSCN9273

É, sem dúvida, a principal atracção do Oceanário, este tanque tem 5.000m³ e pode ser observado através de 4 vidros enormes, com 40m² cada.

É muito difícil, senão impossível, não sermos imediatamente atraídos por um desses vidros assim que passamos por eles, e ficar a admirar todas as espécies que por lá vivem…

DSCN9304

Além do tanque principal existem quatro divisões que representam os habitats marinhos dos Oceanos Atlântico, Antártico, Pacífico e Indico.

DSCN9107

A divisão mais procurada é a das lontras marinhas, miúdos e graúdos não conseguem resistir às amorosas lontras.

DSCN9139

Recentemente o Tripadvisor elegeu o Oceanário de Lisboa como o melhor aquário do mundo. Reconhecimento muito merecido!

Uma visita aqui é algo que não nos apetece dar por terminada… Apetece-nos sentar à frente ao aquário central e ficar a admirar por tempo indeterminado todas as espécies marinhas.

DSCN9396

De seguida fomos à exposição temporária “Florestas Submersas” do japonês Takashi Amano.

Trata-se do maior “nature aquarium” do mundo, com 40 metros de comprimento, 160 mil litros de água doce, 25 toneladas de rocha vulcânica dos Açores, 78 troncos de árvoes da Escócia e da Malásia, 10000 peixes tropicais de água doce de 40 espécies e 46 espécies de plantas aquáticas.

DSCN9428

Este aquário recria o equilíbrio da natureza, os seus ciclos de vida e transformação. Takashi inspirou-se na natureza e na estética tradicional japonesa wabi-sabi, que revela três realidades: Nada dura, Nada está acabado e Nada é perfeito. 🙂

É sem dúvida uma experiência que estimula os sentidos e durante a visita somos acompanhados pela música de Rodrigo Leão.

DSCN9411

Foi em Abril de 2015 que o oceanário abriu as portas ao público desta exposição e estará patente durante dois anos e meio.

Infelizmente, pouco tempo depois de ter sido inaugurada esta exposição, o autor deste projecto, Takashi Amano, faleceu.

IMG_8115

Preço exposição permanente e temporária: 15,30€ (Preço online, com 15% desconto)